Ex-miss envolvida em sequestro rompe tornozeleira

A ex-miss Pinhais, Karina Cristina Aparecida dos Reis, que foi presa em setembro do ano passado por envolvimento no sequestro de um empresário, rompeu a tornozeleira eletrônica no último fim de semana. Ela passou a utilizar o dispositivo após ser solta, em outubro do mesmo ano.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) confirmou a situação, mas ainda não divulgou mais detalhes sobre o caso.

Também no fim de semana, o policial militar Janerson Gregório da Silva fugiu do Batalhão de Guarda da Polícia Militar, em Piraquara. Ele estava preso desde agosto de 2017.

A Polícia Militar informou que realiza buscas pelo policial e abriu um inquérito para verificar as circunstâncias da fuga de Janerson. Em nota, a PM informou ainda que “Caso fique comprovado que houve participação de algum integrante da corporação na fuga do referido policial, haverá responsabilização conforme o rigor da lei”.

“A PM não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e ressalta que, para qualquer situação potencial envolvendo policiais, busca a elucidação de todos os fatos, e, se restar comprovada responsabilidade, os instrumentos adequados de saneamento, correição e expurgo são adotados, na forma legal, sendo respeitados os direitos ao devido processo legal, à ampla defesa e ao contraditório, para qualquer militar estadual e neste caso não é diferente”, diz o texto.

Sequestro

Karina e Janerson são namorados e apontados como mentores do sequestro de um empresário em agosto do ano passado. A vítima foi encontrada no cativeiro em São José dos Pinhais e no mesmo dia o policial militar foi preso. A ex-miss foi detida dias depois.

(Massa News)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Giro de noticia é um site de notícias. Policiais com os principais fatos ocorridos em Cianorte e região.
Apurando todas as informações e repassando de forma respeitosa e imparcial.
redacao@girodenoticia.com.br
Top